29/12/2017 às 14h12

IRRF: honorários advocatícios por ordem judicial e a retenção na fonte

Por Equipe Editorial

Retido na fonte pela pessoa física ou jurídica obrigada ao pagamento, no momento em que, por qualquer forma, o rendimento se torne disponível para o beneficiário.